Comentários

(758)
L
Lucas Silva
Comentário · anteontem
Não vou "descurtir" o artigo por causa de um parágrafo que nem é o foco do artigo, mas temos uma gafe aqui.
Pequena ou grande, deixo que outros julguem:

"Dentre várias coisas [,a redução taxa selic] significa uma redução nos custos de captação dos bancos que tendem a emprestar dinheiro a juros mais baixos e consequentemente incrementa o fomento da economia através do estímulo do consumo"

- Todo banco primário tem um compulsório (quantia mínima) depositado no banco central.
- Quando o banco empresta demais, o compulsório fica abaixo do mínimo, e o banco tem de pegar emprestado de outro banco. A taxa deste empréstimo interbancário se chama SELIC.
- O governo não gosta da SELIC alta, e pra evitar que bancos peguem dinheiro emprestado de outros bancos (o que aumentaria a SELIC), o Banco Central simplesmente imprime dinheiro* e dá ao banco que se encontra com compulsório baixo. Retirar dinheiro da população através da impressão, nem preciso eu dizer, gera inflação.

Outra gafe (esta eu julgo como gravíssima), é dizer que "estimular o consumo" gera desenvolvimento.
Foi esse o pensamento de uma trupe que ficou uma década no poder. Aquela trupe que lançou a "nova matriz econômica", colocando o país no buraco gastando dinheiro com obras faraônicas e inúteis. Nem falei no empréstimo via BNDES de dinheiro público a juro quase nulo pra grandes empreiteiras e frigoríficos, ambos estrelas em escândalos. Preciso dizer quem foi esta trupe ?

Em resumo: o que gera desenvolvimento é a poupança e investimento privado, produção orientada pela demanda (não aquela demanda definida pelo governo), e não o gasto nem a mãe do gasto, que é a tal da "mentalidade (keynesianista) de consumo".

*Pra quem quiser entender o processo de impressão de dinheiro, é simples:
- O governo (tesouro) está sempre em dívida
- O tesouro transforma esta dívida em Títulos de dívida (tesouro direto), e vende tais títulos a preço de alface pros bancos primários.
- Os bancos primários vendem tais títulos a preço de Ferrari pro Banco Central, que tem o poder de aumentar a base monetária (criar/imprimir dinheiro sem lastro).
- Criação de dinheiro pelo governo é a definição exata de inflação monetária.
Tudo isso porque o BC foi proibido por lei (nos anos 90, não por coincidência) de imprimir dinheiro diretamente ao Tesouro. Mas o faz disfarçadamente através de bancos.
L
Lucas Silva
Comentário · há 7 dias
Foi só sugestão, @aliceaquino.

Sugestão seca, direta, e parecendo implicância. Mas não é implicância
L
Lucas Silva
Comentário · há 9 dias
"Não adianta querer que o texto lhe diga tudo"

O texto pincelou o mínimo,
@aliceaquino. Quiçá, "tudo".

"São passos Lucas e não um manual de instrução"

Só faltaram os tais passos, que mal encontro no texto.
Só encontro tópicos. E o mais importante deles não foi desenvolvido (diferentemente dos outros).
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Lucas

Carregando

Lucas Silva

Entrar em contato